Início>Sigilo dos dados do seu app – O que é importante avaliar?

Sigilo dos dados do seu app – O que é importante avaliar?

Os dados inseridos no seu aplicativo precisam e devem ser preservados, mantidos em sigilo, numa proteção que seja dificultada ao máximo a sua localização. E, com o auxílio de tecnologias avançadas, a relação entre usuários e aplicativos está cada vez mais fáceis e ágeis. Vou te falar sobre Sigilo dos dados hoje.

E, ao utilizar um aplicativo, inevitavelmente você estará trocando informações com ele, informações essas que condizem com a sua privacidade. Com isso, é importante que você deixe o seu aplicativo o mais transparente possível sobre os dados que recolhe dos usuários, a fim de que eles possam acessá-los, controla-los e atualizá-los.

Com isso, todas as informações que foram fornecidas pelo seu usuário no aplicativo, devem estar protegidas, tanto pela Constituição quanto pelas outras leis, mantendo as informações sigilosas, para que nunca sejam utilizadas para fins maliciosos.

E o que é importante estar avaliando?

É importante estar avaliando as informações que são coletadas através dos usuários. E estes as fornecem de três modos diferentes:

Fornecendo de forma voluntária – essas informações são àquelas que são fornecidas através de um preenchimento de formulário, para realizar um cadastro. Itens como nome, endereço, telefone, são informações solicitadas e que o usuário, geralmente, fornece.

Quando o usuário utiliza o aplicativo e fornece as informações de forma automática – quando você acessa o aplicativo, o seu próprio dispositivo fornece automaticamente algumas informações não pessoais. Essas informações são como você está interagindo com o aplicativo e são fornecidas pelo seu próprio dispositivo.

Com isso, o aplicativo irá apenas analisar os dados recebidos, para tentar entender melhor os interesses e as necessidades dos usuários, com o objetivo de melhorar o conteúdo e a funcionalidade do aplicativo.

Assim, os dados que são coletados dessa forma são:

  • Modelo de hardware do dispositivo;
  • O sistema operacional e a versão;
  • O tipo de navegador e a sua versão utilizada;
  • Os identificadores de dispositivos exclusivos;
  • Informações sobre a rede que está sendo utilizada e o número do telefone;
  • Idioma que foi utilizado no dispositivo;
  • A resolução da tela;
  • O endereço de Protocolo de Internet;
  • A localização geográfica do dispositivo;
  • O tempo de duração do acesso;
  • Como o usuário utiliza o aplicativo;
  • As informações que são coletadas automaticamente pelos cookies e outras ferramentas.

Ainda é possível coletar informações públicas que outros usuários fornecem sobre você quando eles utilizam o aplicativo. Um exemplo são as informações que você compartilha publicamente na internet e mídias sociais.

Ainda é possível obter essas informações através de outras empresas que são afiliadas ou parceiras, ou ainda através de terceiros que são contratados com o objetivo de coletar e analisar as informações.

É importante ressaltar que todo aplicativo tem que ser transparente e informar os dados que serão compartilhados. O usuário também tem um papel importante, pois é necessário que se tenha mais atenção quanto aos termos de uso e fazer uma leitura adequada do que está sendo oferecido pelo aplicativo, independente dele ser pago ou não.

Mais do que qualquer sigilo, é preciso saber utilizar os aplicativos, de modo que eles não venham contra você.

By | 2018-09-14T15:26:54+00:00 setembro 14th, 2018|Não categorizado|

Deixar Um Comentário