Início>Intranet – 10 formas de ter resultado com a utilização

Intranet – 10 formas de ter resultado com a utilização

A Intranet não pode ser confundida com a Internet: no caso desta, a utilização é para comunicação externa, enquanto que a Intranet serve para que os funcionários falem apenas entre si. Outra utilidade desse sistema é deixar que se consultem os produtos ou os serviços que os consumidores podem requisitar.

As empresas que têm esse sistema têm facilidades variadas, como resposta bastante rápida para qualquer assunto: em vez de se procurar alguém pelo telefone ou de precisar andar pela companhia para localizá-lo, é só encaminhar uma mensagem através desse gestor interno.

Contudo, implementar a Intranet não é suficiente: a empresa precisa saber como fazer a implementação e como orientar os seus funcionários a respeito dela. Quando esse sistema de comunicação não é entendido pelos colaboradores ou eles não o usam corretamente, os resultados não são expressivos como se espera.

1) Escolher um desenvolvedor que seja confiável

A primeira coisa para que as empresas tenham resultado usando o Intranet é que o software seja bem feito. Isso quer dizer que ele não pode apresentar travamentos e que tem de atender ao que a companhia precisa: de nada adianta ele ter funções que os colaboradores não utilizarão e faltar as que seriam necessárias.

Para que ele seja completamente encaixado ao que a companhia quer, é melhor que o desenvolvedor o crie individualmente. Se não for possível, é indicado então que ele tenha mais de um sistema para que o empreendedor escolha e que possa ser modificado.

Outro cuidado é com um desenvolvedor sério. A pessoa que cria esses softwares precisa entender, realmente, de computação e fornecer a assistência técnica. Para conferir se esse sistema interno é aprovado por outras companhias, vale recorrer às redes sociais ou ao Reclame Aqui.

2) Fornecer logo aos seus colaboradores um acesso

Quando um colaborador começa, é natural que ele fique alguns dias sem o seu acesso do sistema interno. No entanto, quanto mais rápido os gestores o fornecerem, mais rápido esse colaborador vai se inteirar. Infelizmente, existem empresas que acabam dando esse acesso muitos dias depois: com isso, a pessoa demora ainda mais para compreender como o Intranet funciona e o trabalho que ela poderia realizar com ele fica atrasado.

3) Fornecer treinamentos

Alguns funcionários podem nunca ter visto aquele sistema interno antes e é por isso que podem aparecer dúvidas sobre como escrever mensagens ou como consultar banco de informações. Dessa forma, é bom que alguém da empresa desenvolvedora dê um treinamento geral quando ele é implementado. Se há apenas um funcionário novo que tem de aprender, os gestores de RH precisam ensiná-lo.

É indicado que os colegas sempre sejam instruídos a tirar as dúvidas dos colegas que estão iniciando. Vale a pena escolher um dos funcionários para que ele fique como tutor daquele novato com relação ao Intranet: sendo assim, se ele ficar perdido, não precisará ir até o RH. Na verdade, até a interação social pode ficar melhor com isso: quando os funcionários ajudam-se, podem criar uma amizade.

Se os desenvolvedores fizerem atualizações muito importantes, é recomendado que um novo treinamento seja disponibilizado. Com isso, essas novidades também serão dominadas pelos funcionários.

4) Fiscalizar periodicamente o sistema

Os colaboradores têm privacidade quando estão utilizando o chat do sistema, mas os gestores podem fazer certa fiscalização. Isso é preciso para que os funcionários saibam que esse Intranet é somente para os temas profissionais; caso contrário, seria como se eles possuíssem um MSN e pudessem tratar de coisas pessoais: certamente, isso faria com que a produtividade fosse menor.

5) Deixar o banco de dados atualizado

Como os colaboradores também precisam do Intranet para saber dos produtos, é vital que qualquer alteração sempre seja registrada ali para que o banco de dados esteja atualizado. Se o produto X não é mais comercializado ou se o seu valor já mudou, por exemplo, isso precisa ser posto no sistema.

6) Restringir quem consegue alterar o banco de dados

É verdade que deixar o banco de dados atualizado, como foi dito agora, é uma obrigatoriedade para quem tem um Intranet. Entretanto, não é indicado que qualquer colaborador possa modificar coisas ali porque, se for assim, o sistema ficará bagunçado.

É preciso que alguns funcionários sejam destacados para realizar as atualizações: se elas forem sobre produtos, as pessoas que atuam no almoxarifado podem fazer isso.

7) Ter um antivírus

Se o computador ficar contaminado com qualquer vírus, esse programa também o será. Por causa disso, as empresas têm sempre de manter algum antivírus em funcionamento e, se possível, que ele seja na versão empresarial.

Mesmo que o colaborador não possa utilizar a Internet enquanto está no expediente, é possível que, devido ao trabalho mesmo, seja necessário colocar algum pen drive ou outro disco removível, o que também pode contaminar e interferir no Intranet.

8) Colocá-lo em todos os computadores

Para que as companhias possam aproveitar de fato o Intranet, ele tem de estar em todos os computadores. Desse modo, os funcionários conseguem utilizar o sistema sempre que eles precisarem, melhorando até mesmo a imagem para os clientes.

Afinal, se o colaborador está atendendo alguém, é melhor se ele puder utilizar qualquer computador mais próximo em vez de procurar algum que tenha o Intranet. Outro meio de o sistema interno ser melhor usado é se os computadores disponíveis estiverem sempre ligados e tendo a sua tela de login já preparada.

9) Disponibilizá-lo para smartphone

Se existir a possibilidade de esse sistema interno ser utilizado nos celulares da empresa, o acesso é ainda mais simples. Vale mencionar que bloquear qualquer smartphone que não seja os corporativos é fundamental para que terceiros não consigam utilizar o Intranet.

10) Ter contato com a assistência técnica

Mesmo que se tenham funcionários que forneçam senhas aos novatos e que possam mexer com os dados de registro, é indispensável que se tenha sempre o contato sua assistência técnica em um local fácil. Com isso, quando os gestores ou o TI não puderem solucionar, pode-se pedir algum técnico especializado.

By | 2018-02-19T10:47:45+00:00 dezembro 7th, 2017|Multiplataforma|
%d blogueiros gostam disto: