Início>Checklist UX para design de aplicativos

Checklist UX para design de aplicativos

Hoje em dia, diversas coisas na vida remetem as pessoas a criarem, de forma mental, um checklist sobre as coisas que estão para serem feitas, e isso pode ser levado tanto na vida pessoal quanto na vida profissional. É normal que as pessoas pensem em uma série de coisas sobre um determinado evento e não a passa para o papel, deixando-a na cabeça, correndo o risco de se esquecer dela depois.

E este texto quer tratar sobre essa relação que se cria de acordo com a experiência do usuário para os aplicativos. Segundo estudos realizados pela IBM, a cada dólar que é investido em UX, é possível que se tenha um lucro que pode chegar até cem vezes mais do que o valor inicialmente investido.

E essa relação pode ser transpassada também para o design de aplicativos. Isso quer dizer que a experiência que o usuário terá com o design do aplicativo é um dos principais fatores que influenciam no sucesso do aplicativo em termos de tráfego, conversão, fidelidade do usuário, engajamento social e rentabilidade.

Trata-se de um assunto que é muito importante para o desenvolvimento do projeto do aplicativo e é por isso que é fundamental que seja criada uma relação que garanta que o aplicativo esteja oferecendo aos seus clientes a melhor experiência que o usuário poderá ter.

Quando existe um desenvolvimento de projeto que visa perceber a experiência que o usuário terá quando se deparar com o design do aplicativo, é preciso observar determinados pontos, que são:

  • A concorrência – nesse caso, é importante observar quais empresas estão utilizando aplicativos que sejam parecidos com o seu. Com isso, você pode observar o que eles estão fazendo de errado e evitar cometer esses erros, assim como, ao verificar os acertos que eles possuem, passar a fazer o mesmo que eles. O intuito desta observação é procurar sempre estar melhorando;
  • Acerte nos questionamentos – desenvolver um bom aplicativo é fazer um que comece fazendo as perguntas corretas. Questões como a necessidade da sua empresa ter um aplicativo é válida, assim como o que poderia engajar os clientes da empresa através de uma experiência adquirida com a utilização de um aplicativo móvel que realmente o convença. Procurar saber quais são os objetivos que a empresa tem com a criação do aplicativo e o que fazer para fidelizar os clientes também são bons questionamentos;
  • Crie personagens – quando você define quem é que vai utilizar o seu aplicativo, você poderá ter uma noção do motivo que as faz utilizá-lo, além de conseguir antecipar os resultados. Assim, criando personagens, você saberá o que o seu aplicativo deverá ter para atender ao público;
  • Saiba mais sobre o fluxo dos usuários – quando você consegue entender como os usuários se envolvem com o aplicativo, você consegue saber a interação, passo a passo, assim como todas as ações eles deverão tomar para que possam alcançar o resultado desejado;
  • Interação mais simples – nesse campo, você irá descobrir quais são os recursos e o conteúdo que são mais importantes do seu aplicativo e, com isso, você irá agrupá-los de maneira lógica, a fim de que possa facilitar o acesso do usuário. No campo da UX Design, este conceito é conhecido como Red Routes;
  • Tempo de carregamento – ter um aplicativo que se mostre lento, insuficiente pela exigência que o mercado possui não fará com que ele tenha muitos usuários. Portanto, é importante que você faça um teste sobre esse quesito. Se o aplicativo se mostrar lento, elimine o excesso de informações, ajustando as coisas antes que os usuários comecem a dizer coisas negativas sobre o seu aplicativo;
  • Textos bem coerentes – os textos que o aplicativo apresentar devem estar bem legíveis, a fim de que seja possível a sua leitura sem ter a necessidade de utilizar o zoom;
  • Imagens de boas qualidades – se por acaso o seu aplicativo for um que utiliza a venda como produto principal, é essencial que ele tenha imagens de alta qualidade, a fim de que possam fornecer uma visão melhor, mais detalhada, do que está sendo vendido. O recurso de zoom nas fotos pode ser bem interessante para fornecer uma visão melhor do produto.

Checklist para design de aplicativos

Um bom checklist contando com a experiência que o usuário terá sobre o design dos aplicativos deve respeitar os seguintes dados:

  • O usuário tem que começar a utilizar o seu aplicativo imediatamente. Nada de telas como “bem-vindo” ou coisas desse tipo;
  • A integração dos novos usuários deve ser evitada, para que o usuário possa ter um acesso mais intuitivo e fácil. Caso seja necessária a sua utilização, ela deve ser fácil de ser finalizada ou ignorada;
  • Não exigir que o usuário logue no primeiro acesso. A navegabilidade deve ser facilitada, de modo que o usuário possa conhecer o aplicativo, experimentado-o;
  • Uma coisa que é extremamente importante e tem que ser evitada é a solicitação de avaliação do aplicativo. Não a utilize cedo demais. Deixe com que o usuário forme a sua própria opinião, de forma mais sólida;
  • O salvamento automático e frequente dos dados do usuário deve ser mantido, mesmo que ele feche o aplicativo. Além disso, é importante que o estado atual de onde o usuário deixou o aplicativo seja mantido, para que ele possa continuar a navega do local onde ele parou;
  • Crie uma hierarquia, onde as informações mais importantes sejam exibidas em primeiro lugar e, com isso, sejam facilmente compreendidas;
  • Deixe os botões de ação nítidos, onde sejam claramente percebidos;
  • Deixe todas as telas com objetivos. Faça com que o foco esteja no conteúdo, e não na interface do usuário;
  • Deixe espaços em branco, onde seja possível que uma ação não esteja próximo a outra. Com isso, um espaço entre o conteúdo é importante, pois não causará dificuldades caso a pessoa queira “salvar” o pedido e acabar “cancelando”, pois sem a intenção, acabou clicando no local errado;
  • Defina as tarefas mais importantes com as cores destacadas, enfatizando as formas, o texto e o movimento.

Com esse checklist, é possível ter um bom conteúdo para obter um conhecimento sobre o usuário que irá utilizar o aplicativo.

By | 2018-08-10T10:20:38+00:00 agosto 3rd, 2018|Desenvolvimento Android, Desenvolvimento Aplicativos, Desenvolvimento iOS|

Deixar Um Comentário