Início>Aplicativos para celular: o novo formato das revistas e jornais

Aplicativos para celular: o novo formato das revistas e jornais

Essa é uma época dominada pela tecnologia. As pessoas se tornaram completamente reféns de seus aparelhos celulares, não conseguem mais fazer praticamente nada sem um aplicativo para auxiliá-las. Se antes as pessoas costumavam ler as notícias em materiais impressos, hoje os aplicativos para celular são o novo formato das revistas e jornais.

A internet e os avanços tecnológicos transformaram a forma como as pessoas consomem informação. Tudo mudou de forma tão rápida que é difícil imaginar que já existiu um mundo onde não existia smartphone, televisão, computador, videogame etc.

Depois de 6 séculos sobrevivendo firme e forte, a tecnologia é uma ameaça para o jornal impresso. Juan Luis Cebrián, diretor do grupo Prisa/El País, diz que o fim dos jornais em papel será daqui 13 anos. Isso porque, hoje em dia, a informação chega de forma instantânea para as pessoas. Não é mais necessário esperar até o dia seguinte para saber o resultado do jogo ou quantos sobreviveram à uma tragédia com avião.

Por isso, grandes veículos jornalísticos estão migrando para o digital, afinal, é muito mais fácil baixar um aplicativo de graça para ficar informado do que pagar por um jornal. O app Globoplay, por exemplo, que armazena toda a programação da emissora Globo, já passa dos 10 milhões de downloads.

O aplicativo da Folha de São Paulo já passou dos 500 mil downloads e o do El País, 1 milhão. As pessoas nem precisam mais assistir aos telejornais para ter uma cobertura completa do que está acontecendo no país. Está tudo armazenado dentro de um ícone na tela do Smartphone.

Os jornais tradicionais começaram a cobrar assinatura para o público ter acesso às reportagens no portal online. É um jeito de usar a tecnologia e ascensão do jornalismo na web e ainda obter o retorno financeiro para manter a redação funcionando. 

Aplicativos para celular: o novo formato das revistas e jornais

As revistas estão seguindo o mesmo caminho. O faturamento com o material impresso despencou pela metade nos últimos 15 anos. Várias bancas de jornal foram fechadas, e as editoras que não faliram estão buscando outros caminhos para incentivar as pessoas a voltarem a consumir revistas impressas.

Portanto, as revistas começaram a ter duas versões: a impressa e a digital. O GoRead é uma plataforma cheia delas, como a  Veja e IstoÉ. São mais de 210 títulos à disposição com apenas alguns cliques.

Uma grande aliada desses veículos tradicionais são as redes sociais. Através de vídeos promocionais, anúncios pagos e interação com o público através de memes, elas conseguem manter uma boa audiência, mas apenas no digital, já que as vendas e audiência na televisão caíram consideravelmente.

Os funcionários desses veículos também começaram a usar as redes sociais como se fossem digitais influencers. Postando fotos e vídeos de suas rotinas diárias, dicas cotidianas entre outras coisas, eles estão aos poucos migrando para o digital e deixando essas empresas.

O material em papel está fadado ao fim. A tecnologia já conquistou o público que consumia esses produtos, e está a poucos passos de substituí-los. Em um futuro não muito distante, livros, revistas e jornais serão lidos apenas por aparelhos digitais, e as versões impressas ficarão para coleção de relíquias.

Quer saber mais sobre esse assunto? A gente te ajuda! Acesse o nosso blog e fique por dentro das novidades do mundo tecnológico.

Siga-nos no Instagram também e saiba mais sobre a MadeinWeb

By | 2019-09-23T13:56:27-03:00 agosto 15th, 2019|Aplicativos|

Deixar Um Comentário