Início>Android Oreo – o que há de melhor?

Android Oreo – o que há de melhor?

No início de setembro, a Google começou a liberar a versão mais recente de seu sistema operacional, chamado de Android Oreo (versão 8.0). Embora seja uma atualização do software, ele não traz aspectos muito relevantes.

O que chama atenção são alguns recursos novos e as melhorias de performance que foi aplicado na atualização, sendo que a maioria compreende detalhes na interface do sistema.

Muitos desses pequenos detalhes passaram despercebidos aos usuários que já conseguiram atualizar o software, afinal ele ainda está sendo liberado pela Google aos poucos.

A nova versão é bastante aguardada pelos usuários. Assim como as anteriores, a Google manteve o nome de doces e guloseimas famosas, começando pelo Android Cupcake e a última atualização chamada de Nougat, até o Oreo que é, por enquanto, o mais atual.

O software trará atualizações interessantes em questões de segurança, agilidade, eficiência e a capacidade de lidar com o multitarefa de uma forma melhorada.

Por isso, separamos neste artigo todas as informações sobre o Android Oreo, priorizando o que há de melhor no sistema. Acompanhe:

Saída das fontes desconhecidas

Dentro do Android existia uma parte das configurações onde o usuário precisava autorizar a instalação de aplicativos por fontes desconhecidas, no caso fora da Play Store. Na nova versão, isso foi retirado.

Não será mais necessário ativar a opção de fontes desconhecidas nas configurações de segurança a partir do Android Oreo, permitindo que os usuários baixem apps mesmo fora da loja da Google.

Para a segurança do sistema, a versão 8.0 funciona de modo mais inteligente. Assim, o usuário precisará permitir de forma individual se quer ou não instalar aquele aplicativo de uma fonte desconhecida, com avisos que aparecerão a cada tentativa.

Opção Picture-in-picture

Chamado também de PiP, o recurso é um dos mais interessantes que acompanha a atualização. Será permitido que o usuário execute outras aplicações ao mesmo tempo que assiste a um vídeo no YouTube, por exemplo.

A reprodução deste permanecerá em segundo plano, permitindo que o usuário acesse a outros aplicativos. E o vídeo poderá ser movido para qualquer parte da tela, além de poder pausar, saltar para um próximo vídeo, desativar o áudio e até expandir o tamanho do ícone.

O recurso funciona no navegador do Google, o Chrome, no WhatsApp e no próprio YouTube, através da extensão YouTube Rede, que é necessária para deixa-lo em segundo plano.

Notificações dots

O recurso é bem próximo do que o iOS já oferece há muitos anos. É algo simples, mas bastante interessante. Assim, quando receber uma notificação ela virá acompanhada do ícone do aplicativo, trazendo ainda um alerta para a barra de notificações.

Esses pontos são adaptáveis, permitindo que o usuário altera a cor da base na aparência do app.

Novos Emojis

Eles já são um sucesso a parte e indispensáveis para as conversas e publicações nas redes sociais. Junto ao Android Oreo também serão liberados mais 60 novos emojis, sendo que alguns fora do pacote serão redesenhados.

Os usuários também terão a opção de baixar mais pacotes, aumentando o número de emojis disponíveis.

By | 2017-10-02T11:11:15+00:00 setembro 16th, 2017|Desenvolvimento Android|

Deixar Um Comentário