Início>6 dicas para escolher a melhor desenvolvedora de aplicativos

6 dicas para escolher a melhor desenvolvedora de aplicativos

O mercado atual pede pela criação de aplicativos, visto que eles facilitam muito a vida dos usuários. Para as empresas, isso é ainda é mais necessário, por estreitar o relacionamento deles com seus consumidores e clientes em potencial.

No entanto, as corporações, em sua grande maioria, não possuem uma equipe especializada no desenvolvimento de um aplicativo, o que a obriga procurar por alguém que entenda do assunto.

Escolher um desenvolvedor definirá o futuro desse aplicativo, que é tido como uma estratégia de marketing digital para as empresas. O ambiente em que esse app será inserido é bastante competitivo, por isso a necessidade de ter uma pessoa especializada a frente do projeto.

No geral, as empresas precisam apresentar ao público um aplicativo que seja completo, onde será combinado a interface gráfica e funcionalidade, tornando a experiência do usuário positiva.

Como as corporações tem pouco contato com esse tipo de serviço, precisam de auxílio para escolher uma desenvolvedora adequada ao que precisa, para que não seja um investimento inútil a ela.

Neste artigo separamos algumas dicas que vão te ajudar na hora dessa escolha. Vamos começar:

Busque informações sobre a equipe

A equipe que irá desenvolver o aplicativo precisa ter experiência no serviço e também qualificação para executada. Isso pode ser avaliado por meio de pesquisas e informações sobre a desenvolvedora escolhida.

No caso, a empresa pode avaliar a experiência dessa equipe conhecendo seus projetos anteriores, por isso sempre cobre um portfólio dos candidatos. Quanto a capacitação, vai além da experiência e envolve o quanto aquela equipe é qualificada.

Procure também saber pelos cursos em que a equipe passou, se fizeram pós-graduação, participaram de treinamentos, entre outros fatores. Isso pode ser visto por membro do grupo.

A graduação é importante, mas ela sozinha não é suficiente. Para o mercado atuar, somente a faculdade não consegue formar por completo o profissional, visto que é apenas uma introdução a temática, ele precisa também se especializar.

Compare os serviços

Você não vai escolher a primeira empresa que pesquisar. Entre as equipes que procurar, faça sempre uma comparação entre os portfólios e não leve em consideração somente o valor que cobram pelo serviço.

Fique atento ao nível de personalização que cada equipe oferece para desenvolver o seu app.

Além disso, também avalie os prazos dados pelos fornecedores, mantendo atenção de como ele se organiza em relação a estas datas, partindo sempre do orçamento. No geral, o atendimento prestado por uma empresa é reflexo de como ela irá desenvolver o serviço, por isso é importante essa análise das datas.

De nada adianta que a empresa prometa prazos que não pode cumprir, gerando uma dor de cabeça para o cliente.

Busque por referências em outros aplicativos

As empresas, quando procuram criar um aplicativo, acabam se espelhando em outros para ter suas próprias ideias. Ter outros apps como referência pode ajudar na escolha da equipe que o projetará.

Isso porque aquele aplicativo foi desenvolvido por alguém, então a empresa pode buscar por informações sobre aquela equipe. Normalmente, essas informações são cedidas na publicação das lojas, como a do Google Play, por exemplo, então ter esse dado é fácil.

Não necessariamente a empresa precisa contratar aquela equipe, mas pode procurar por alguém que faça um trabalho próximo, sendo essa uma das formas mais fáceis para encontrar uma desenvolvedora que atenda ao que ela deseja.

Mesmo que seja a empresa do app referência ou uma com trabalho similar, é imprescindível a avaliação de seu trabalho, não se baseando apenas em um aplicativo que você, como cliente, gosta.

Não deixe de testar o app

A equipe que irá desenvolver esse aplicativo deve fazer um serviço completo, e isso inclui os testes. São esses testes que vão garantir o bom funcionamento da ferramenta, então isso é um passo importante.

Ao desenvolver um software, é essencial que o desenvolvedor faça com que ele cumpra tudo que propõe, e isso só vem através de estudos e testes, para que ajam ajustes do que precisa ser melhorado ao longo do processo de criação.

Conheça bem o time que fará o serviço

Você já conheceu um pouco sobre o trabalho e a qualificação dessa equipe, mas também é interessante conhecer mais afundo esse grupo.

Ver de perto o trabalho ajuda a certificar o quanto essa equipe realmente entende o que está fazendo, além de saber que será aplicado exatamente o que foi solicitado pelo cliente.

Não faz mal nenhum perguntar sobre a experiência desses colaboradores, e isso pode ser feito mesmo com o projeto já em andamento.

Análise os preços de mercado

Embora esse não seja o principal fator para escolher uma equipe desenvolvedora, ele também deve ser levado em consideração. O primeiro passo é estudar os preços médios que o mercado trabalha a esse tipo de serviço.

Como representa um custo para empresa, isso é mais do que essencial. Sendo assim, é importante fazer uma cotação entre as empresas, avaliar o custo-benefício e ver a proximidade em relação ao que o mercado pede para cobrar.

A criação de aplicativos ainda traz outros serviços complementares e outros opcionais, então o preço não é analisado de maneira simples, só com a média de um produto finalizado.

Pergunte a equipe sobre as taxas e custos adicionais que podem ser aplicados ao longo do projeto, tanto nas etapas de desenvolvimento como também na execução desse software.

Os valores são avaliados por três vertentes: a análise de preços comparativa, onde não entra apenas o valor final, mas os serviços inclusos nesse valor; análise de preços por serviço adicional, que são valores que não fazem parte do contrato inicial, mas que podem entrar no projeto conforme a sua necessidade; e por fim, a análise de preço por pagamentos antecipados, que se trata, basicamente, de descontos que podem ser obtidos caso a empresa opte por efetuar o pagamento antes.

Nessa última opção é bastante relevante a reputação da empresa, pois de nada vale entregar todo o valor do projeto com antecedência e não ter ele entregue, por exemplo.

By | 2017-12-05T07:10:40+00:00 agosto 26th, 2017|Desenvolvimento Aplicativos|
%d blogueiros gostam disto: